segunda-feira, 31 de março de 2014

Uma carta para meu eu de 10 anos atrás

De: Bárbara de  31/03/2014
Para: Bárbara de Uma data qualquer/2004

Se tiver a sorte de ler essa carta, quero primeiramente que se permita impressionar como se estivesse diante de um sonho, de uma fantasia. Acredite: você precisa se permitir fantasiar mais. Não busque a realidade pesada, não dê forças a pensamentos deterministas sobre a vida. Não se "determine". Eu, mais do que qualquer um, sei que você tem um impasse tremendo entre a vontade de poetizar e a cobrança pela razão então: calma! Você vai conseguir passar por tudo isso e com o passar do tempo não vai ter de fazer tanta força para viver com mais leveza e plenitude. Aprenda a relaxar e não fique se prendendo tanto a sua maturidade, nem se cobrando de mais por isso, você tem todo o direito de ser boba desde que seja honesta e feliz.

Um conselho importante: acredite, toda essa cobrança por ser "exatamente quem você é" só vai te fazer ficar confusa e meio desorientada daqui a uns dois anos. Dilua isso, se respeite mais, julgue menos a si mesma para na próxima "fase" você não cometer metade dos erros que cometeu por que não tinha ninguém para dizer "O que que você está fazendo consigo mesma?". Mas como nos conheço bem, acho difícil mudar tanto o rumo dessa história se ainda sim você se sentir sozinha e confusa entre a autonomia e o moralismo e cometer e cometer aqueles erros não se penalize tanto. Lembre: VOCÊ É MUITO NOVA! E TEM TODO DIREITO DE ERRAR! Respeite mais o direito ao erro e você perceberá que eles diminuirão com o tempo, ao menos ficarão menos repetitivos e mais diversificados. Por que somos seres errante e nós com toda nossa racionalidade sabemos bem disso.E saiba:  tenho muito orgulho de nós, mesmo com o erros que com o meu conselho você pode minimizá-los ou não. rs Aliás será o seu perdão o grande propulsor de si mesma, mas até lá aguente firme mas busque ser leve- sem ser leviana jamais.

Aproveite bem seus amigos e todo o período no Colégio Brigadeiro Newton Braga aonde vai estudar somente até a 8ª série, você desconfia disso mas eu posso dizer que a mudança será real. Passar o primário e Ensino Fundamental numa mesma escola te trará um ligação extrema com o lugar e com as pessoas e eu sei que você já é grata e valoriza isso. Mas, vai por mim demonstrar a alegria de estar ali com aqueles pessoas nunca é de mais. Essa história de curtir mais e se levar menos a sério é importante para sairmos tranquilas de que demos e vivemos nosso melhor. Cada amigo que lhe é importante será importante até agora- 10 anos depois, e pelo quão nos conheço serão importantes por toda a vida. E isso vai te faezr sentir mais orgulho ainda pelo que você se tornou.

Por falar em orgulho preciso elogiar. Mesmo com todo os dilemas nessa sua pequena cabecinha- mas que não para um segundo- você sabe em algum lugar aí que você tem orgulho de ser você. Por todas a pequenas lutas que você tão sensivelmente enfrenta só por querer fazer escolhas suas, só por agir de acordo com os seus princípios e valores.- Você até vai sentir necessidade se firmar feministas, mas ainda tem muito caminho pela frente.- . E agora tenho uma notícia boa: você encontrará mais gente que pensa parecido e seus amigos também vão amadurecendo e de alguma forma você se sentirá mais acolhida no mundo. Principalmente quando entrar para o teatro! É!Pode rir, pode pular, mas pode acreditar! Você passará 21 anos com essa sede de sei-lá-o-que que só aliviará com o teatro e com toda a vivência cênica e poética desse período!

Olha, eu preciso retomar no assunto orgulho. Volto a repetir: sei que você, do seu jeito, tem orgulho de si. Mas não esqueça que és ainda muito pequena para saber de tudo, ainda que esse tudo seja si mesma. Só eu sei o quanto você se sente estranha às vezes, mas confie mais nos teus pais. Você ainda se surpreenderá muito com eles. Peça ajuda e aceite ajuda para lidar com os conflitos internos, hoje eu tenho mais certeza ainda de que desde muito nova você já pensava de mais e mesmo com toda imaturidade você carregava o mundo, mesmo sem pode-lo, mesmo sem saber direito o que é esse mundo. Não alimente o orgulho-"pecado" aquele que adoece o espírito, o corpo, as relações. Não tenha medo de se sentir menor ou mais frágil por pedir desculpas. E entenda: chorar faz parte. 

Mas não parei para lhe escrever só de preocupação com teu astral não. Vim te "trazer boas novas"! Aos poucos você vai aprender a lidar consigo mesma e vai usar as palavras para isso e aos poucos vai perceber que além de terapia de autoconhecimento as palavras lhe ajudarão a manter a sensibilidade perante a vida, as coisas. É difícil falar de nós nesse seu momento em que está no auge da sua contradição entre a razão e a sensibilidade, mas eu estou aqui enfrentando esse desafio por nós. Para você ver que o que você faz com sua imaginação não precisa estar tão distante do mundo concreto em que você se depara com sua própria racionalidade. Mas você vai começar a ligar menos para a razão e pra "emoção" e quando se perceber já estará escrevendo de novo. E acredite: alguns te elogiarão por isso! :)
Você vai passar por situações e adquirir vivências que serão tudo que você sempre precisou, sempre quis mesmo sem saber! Você vai se apaixonar pelo seu curso na faculdade, você vai encontrar uma inspiração para vida, lá dentro da Universidade. Não gosto de estragar surpresas mas vou dar só uma luz: você vai trabalhar e estudar filosofia com crianças e vai conseguir conquistar um grande sonho através disso. Você vai levar seu pensamento, o pouco conhecimento aprendido e seu projeto que é seu amor para um lugar que você vai se interessando cada vez mais por conhecer. ;)

Flor, você vai receber em 2010 o presente mais lindo do seu irmão que vai mudar você, que vai naturalmente fazer você aprender diversas lições que eu to tentando te passar aqui. rs Você vai se reapaixonar pela vida seriamente! E acho que não vai se desencantar mais, mesmo com a crescente tomada de consciência política nossa, você vai aprender a ver, a escutar, a sentir a poesia da vida. O que me faz lembrar que você conhecerá em 2008 uma trupe que vai ser também primordial nesse "desabrochar" nosso: O Teatro Mágico. Sim, eles te ensinarão o que você em algum lugar aí já sabe, só não tá sabendo ainda. rs Com eles você se encontrará ainda mais em si mesma e irá deslanchar num processo de harmonização consigo mesma que será cada vez mais intenso e bonito, você transpirará essência. Eles te ajudarão a nunca esquecer que "A poesia prevalece" e hoje até a tua pele diz disso.

Menina, aproveite bastante essa fase de busca pelo "Blog perfeito". rs Mude de nome mil vezes, de tamplate mais centenas de vezes. Eu gostaria hoje de lembrar dos nomes, mas tudo bem eu entendo essa necessidade de ter de apagar algo para recomeçar. Aproveite bastante esse mundo das escritas simples, muitas vezes íntimas ou só poéticas. Mas será, esse mundo que te trará muita experiência de escrita, de leituras para minha própria formação crítica, poética, e como mulher. Não desanime quanto ao seu próprio blog, ser popular nunca vai ser o seu foco nem sua importância, então não ligue pra isso. E no tempo certo você vai achar o seu canto, o seu lugar. E sua escrita fluirá com o tempo, ainda que você não descubra qual o tempo certo para escrever. Mas você vai perceber como o respeito a cada detalhe desse sobre si mesma e sobre a vida, te trará textos tão queridos por você independente de demorarem uma semana ou 1 ano para virem ou de quantos comentários você recebeu no blog. rs .

Não recrimine a internet e confie: ela lhe será muito útil daqui a alguns anos. Ela será sua principal fonte de informação, e uma forte ferramenta de formação. Mas antes disso ela lhe será um lugar para conhecer pessoas, fazer amigos e trocar conhecimentos e experiências.Você fará uma amizade linda que você ainda hoje, no meu tempo, morre de vontade de ultrapassar as fronteiras do virtual para o concreto. Essa "pequena" lhe servirá como grande inspiração e exemplo, mesmo ela sendo mais nova.- Mas quem se importa com isso? Você nunca foi boa e seguir o curso mesmo. rs

Um detalhe: Você aí em 2004 não entende como as pessoas gostam de salto e pasme: um dia você vai se sentir obrigada a usá-los pela deficiência na parte estrutural do corpo.rs Mas isso será um breve relapso pois você voltará ao plano, mas dessa vez equilibrando o tênis com chinelo e até algumas rasteirinha se sandálias, veja só.rs Sim, você passará por esse ciclo de se aproximar de uma estética, ou pensamento e depois se afastar reaproximando do que era antes mas com algumas aprendizagens. É garota, você um dia se virá mulher por ter se tornado uma, pois vai entender que é algo muito maior que os estereótipos de feminilidade e quando se deparar com isso perceberá que o desabrochar será natural. E, compartilho uma aprendizagem de um dia desses de 2014, não existe nada mais bonito que o desabrochar! O seu ainda está em andamento, talvez a cada estação desabrochemos de um jeito, mas perceber essa beleza fará você olhar os outros e o mundo de uma outra forma.

Pequena, já me estendi de mais nessa carta-conselho-conforto . Só quero que saiba que não importa como você estava se sentindo antes ou como você poderá vir a se sentir depois. Tenho orgulho de cada passo mal feito nosso, pois foram eles que me fizeram chegar aqui sabendo que se eu pudesse algum dia voltar ao seu lugar eu teria mudado algumas coisas e por isso te aconselho. Pode ter ficado confusa essa parte, mas é isso mesmo. Tenho orgulho de termos chegado até aqui e de saber que se pudesse voltar atrás teria feito coisas diferentes, pois isso sim é sinal de que se aprendeu com os erros. Estamos no final de uma fase importante que é a faculdade, mas estamos no meio de um processo difícil de crescimento que é preciso muito fé em si mesmo e nos seus sonhos. E não quero que se sinta tão pequena, um dia essa fase oscilante entre uma nebulosidade quase eterna dentro de você e nas cores vibrantes do mundo externo com as quais você brinca, essa fase será recompensada. E te fará sentir o que senti hoje ao escrever tudo isso: tristeza e conforto. Pois lembrar de tantos temporais internos quando se está a alguns anos de distância deles é triste, mas saber que o temporais foram se transformando em arco-íris maravilhosos é confortante. E feliz. Então não temas pelo teu hoje, você é um  botão que ainda nem sabe a flor que será ao desabrochar. Apenas confie em mim, em ti e sorria.




Créditos da ideia da postagem ao blog: Hypeness .
Blogagem coletiva do projeto ROTAROOTS. :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)