sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Pra alegrar o meu dia

Vem me ver sol, vem! Enquanto ele não vem, teu calor talvez consiga amenizar esse frio aqui dentro de mim.
É o frio que se foi do calor que vinha de um fogo que era de palha. Quem podia imaginar? Eu não podia.
Me ajuda a sorrir mais do que já venho sorrindo.Quem  disse que nossa bateria não se recarrega com energia solar? A minha eu sei que sim. Então vem.Apareça.Quero te sentir nos braços, como meu eterno companheiro, apaixonada por ti sempre. Num lugar quase sempre de pessoas e corações cinzentos tu é Rei.Seja Rei, seja tudo, mas seja, por favor, seja. Mas venha. Ilumine, aqueça, sue, ame. Toque as pessoas, talvez elas só precisam ser tocadas por alguém puro, e eu agora só confio em ti. Em ti por que és natural, por que és real, por que tua intensidade é sincera de mais, por que está sempre aí, nos guiando de um jeito ou de outro. Nos ajudando a passar os dias e os anos. Sem você calendário pára e a vida fica impossível. Cientificamente impossível. Poeticamente vazia, intragável.Sou solar, sempre fui. Tu és astro rei, eu sou seguidora, admiradora, sonhadora. Brilha para nós e POR nós. Meu suor que transborda é a resposta da tua presença. Enquanto aquele não vem, venha você. Mas bem que eu queria ele assim como quase me veio: despretensioso, desarmado, espontâneo, forte como a tua presença. Sou de fogo, sou de sagitário, sou solar como já disse. E não posso deixar que os dias passem frios, ainda mais na sua presença. Obrigada por me ajudar a continuar escrevendo sempre, assim como escrevi uma música estudando matemática na sétima série, eu me lembro que tinha um rastro seu lá. Ah... Sou tão grata a você, por simplesmente existir e permitir que tudo isso exista. Sabes que estou bem, sei que não se preocupas. Quando me tocas te sorrio com toda paz e luz que pode existir, não sei por que, só sei que é assim. Confia em mim por que confia na tua própria força, e sabe aqueles que contigo se identificam não tem de ter a mesma energia, a mesma força e luz. Ao menos que busque isso. Foi também contigo que aprendi que "A poesia prevalece". Mas meu caro, eu repito enquanto ele não bagunçar meus dias, minha rotina e minha cabeça, venha você me confortar, aquecer, bronzear e enobrecer. Enquanto ele não se decide , enquanto ele não vier tranquilo e confiante, venha você me ver. Para alegrar o meu dia.
:)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)