sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Que seja livre.

Me dispus a viajar e fui.
Queria estar entre as nuvens e fui.
De lá de cima eu precisava de outros sonhos.
E lá em baixo as pessoas tinham rostos medonhos.

Que seja livre...

Passei por décadas em segundos,
pensei em todas a mulheres que já sofreram no mundo.
Perdi sonhos e fiz sonhar.
Entendi:Para se encarar no espelho é preciso se respeitar.


Que seja livre.

Aos sete ventos pedi.
Aos sete ventos berrei.
E de todos que me ouviram,
dos passarinhos mais gostei.

Que seja livre!

Cansada de caras torcidas,
piadas ofensivas,
e violência assumida.
É preciso dar voz a quem sempre foi educada a se calar.

Que seja livre?

Se preparem pois precisamos falar,
nossa liberdade vem primeiro a engatinhar.
Precisamos correr, ou mais depressa andar.
Que seja de cima de um balão, mas nós mulheres temos que nos emancipar.

QUE SEJA LIVRE!

Liberdade não é poder escolher,
é saber por que escolheu
e lidar com isso.
Livre desse jeito?Que sonho, deus meu...

Que seja livre.

Desce do balão sonhadora,
que teu mundo lá em baixo espera pela tua força.
Madalena, seja firme, os olhares a ti poderão ser de impostora.
Encare as pessoas, as piadas, as ofensas e o preconceito.
Ninguém disse que seria fácil.

Desce, sonhadora.
Que já está na hora de viver com os que daqui parecem pequenos.
Respira esse ar como uma fonte límpida de energia e vai.
Vai e chama mais gente contigo, que nosso caminho precisa ser demarcado.
Que muitos já morreram e sofreram para nós podermos estar aonde estamos.
E precisamos retribuir toda luta, todo sonho, todo amor.

Que seja livre.

E foi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)