domingo, 6 de janeiro de 2013

Me leva?

Eu não queria mais dançar junto.Eu nem sei se queria dançar mais.Mas por algum motivo fiquei na pista, a música ainda me tocava e me convidava, e eu continuei dançando sozinha, eu precisava.Fiquei o quanto pude, pensando em tantas danças que já dancei, em tanta spessoas que já passaram, em tanta coisa que aconteceu e acontecera ali naquela pista de dança.E no meu dessa confusão de pensamentos você chegou, ameaçou a me convidar pra dançar mas preferi continuar dançando sozinha embora te desse a chance de se aproximar.Eu precisando de ar, de novas danças, de liberdade sem que ninguém quisésse me conduzir e você me apareceu.Sem nenhuma pretenção me deixei me levar por alguns segundos, não fui com você mas deixei você vir até a mim.Você sabe que eu não sei aonde essa dança junto/sozinha vai dar, você sabe um pouco da minha história ,das danças que já dancei, e mesmo assim ficou e vem ficando.Desde o início mostrei meu lado conufão e ventania, e você assumiu o risco e pediu pra ficar.Eu ainda não sei dançar a dois, estou aprendendo a lidar com isso tudo, onclusive com sua ansiedade por dançar.A pista é a vida, e nela eu preciso continuar vivendo...Ainda resisto um pouco, tenho medo confesso.Vou devagar quase parando, não é que eu não queira dançar, ou seja algum problema coma música ou por ser a dois, ou por ser com você na realidade eu estou tantando assimilar tudo que aconteceu, e agora o que vem acontecendo. De repente você me chegou entusiasmado cheio de vontade e energia, estendeu a mão e disse: "vem comigo?"Hesitei, demorei a dar o primeiro passo e agora quando percebo já estou dançando com você, talvez não com a segurança que você queria, mas muitos mais do que eu podia imagianr que conseguiria te dar agora.Eu repito; ainda não sei dançar a dois.E ainda não consigo fechar os o,lhose de peito aberto pedir " me leva".Mas só de olhar no seus olhos e ver que as coisas estão fluindo em mim e para nós consigo ao menos consigo respirar fundo e pedir por dentro: que me leve, que eu consga me deixar levar.É difícil, meu bem, eu lhe atento.E afirmo nunca foi tão difícil "entergar, aceitar, confiar e agradecer", mas acredite: eu continuo acreditando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)