quinta-feira, 5 de abril de 2012

Infinitivo


Quanta luz.
Quanto a luz...
Ah... deixa para lá.
Deixa apagar.

Deixe-me colorir.
Deixe nossa cor rir.
Deixe a cor ir.

Aquilo que resiste.
Aquilo que insiste.
Aquilo que existe.

Sopre ou deixe soprar.
Barco no mar é para marear.
Entrou na roda é para dançar.
Ninguém obriga ninguém a ficar.




Um comentário:

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)