segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Rainha

(Sorriso)
Com você chorei lágrimas de alívio, de redenção.
Por você sonhei lágrimas de orgulho e de respeito.
Já senti muitos sabores com a mesma música, muitas emoções em diferentes sintonias.
Mas meu sonho se quebrou.

(Lágrima)

Melhor...
Eternizou.
Estrelas foram feitas para ficar no céu.
Apesar de ninguém ter dito isso, esse era o gosto da lágrima mais doce.

(Parênteses)
A pequena queria ser negra, ao menos na voz.
Queria ser ela na inspiração, no exemplo.
Seus tropeços talvez tenham sido pelo gosto da solidão trazida pelos holofotes.
E o gosto do orgulho e da euforia talvez tenha sido desmanchado pelo desamparo da fama e dos excessos.

(Suspiro)
Gostaria que você soubesse que o gosto o qual nunca me esquecerei é o da gratidão.
Aquela que tenho por você ter simplesmente existido.
Talvez tenha sido minha primeira inspiração, minha estrela mais reluzente.
Para mim é rainha.

(Aguenta...)
Sem você me encontro nesse misto de sabores e emoções sentindo rolar o que talvez seja a última delas.
Essa tem sabor de sonho e cheiro de saudade,
and I will always love you.

2 comentários:

  1. UOL, gostei bastante do texto *-*
    Ah, tem tag pra você no meu blog: http://fractionsfrommylife.blogspot.com/2012/02/tag-11-perguntas.html
    bjus ;*

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)