sábado, 27 de agosto de 2011

Aonde


Aonde guardei nossos dias?Aonde guardei nossas alegrias?Aondei guardei nossos sorrisos infantis e expressões tímidas quando não conseguiamos ainda enxergar tamanha amizade?Aonde vou estar quando lembrar de você não irá doer tanto?Aonde será que vou me encontrar quando estiver em paz comigo mesma e sentir que você está também?Aonde foi que perdi aquele contato que nos tornou tão fortes e tão eternos?Aonde foi que viver deixou de ser tão amargo?Em que lugar dessa estrada deixamos um entrar na vida do outro e se sentir honrado por isso?Em que lugar posso rezar por você sem te atrapalhar?Em que lugar será que vou superar o dia da tua partida?Em que lugar será que você está agora?
É...Escrever para você é sempre bom e sempre será.Com respostas ou não eu sei que a vida vai mostrando aos poucos e tua vida vai se perpetuando na vida de cada um que você cruzou o caminho.Sabes que eu sou simplesmente grata por tudo: cada detalhe, cada sorriso, cada confissão, cada chuva, cada abraço, cada conselho, cada sermão (mais meu do que seu, fato!), cada momento que passamos juntos que eu sempre fiz questão de lembrar e sentir, e agora reviver para sempre aqui dentro.Repito sempre: Fique em paz.Guarde de nós só o que for bom!É o jeito mais certo de ficarmos bem com nossas vidas.E nunca se esqueça eu te amo, eu e muitos que sentem até hoje tua partida.

Ao meu anjo,
Eduardo Machado.

Um comentário:

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)