quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Tropa de Elite2




Assisti ontem a esse filme.
É muito bom sim, confesso que para quem tem noção de que o sistema é muito maior do que podemos imaginar e enxergar no dia-a-dia para esses o filme vai ser apenas o que se imagina ali retratado num filme.Mas para quem acha apenas que é todo mundo safado mesmo, mas nem sabem direito como essa 'safadeza' ocorre, para esses sim o filme pode impressionar e impactar, por que grande parte daquilo ali é verdade, inclusive os personagens ( o que eu acho mais interessante ainda).Com atuação impecável do Wagner Moura, e todo o resto do elenco, eu e mais um monte de brasileiros indicamos o segundo filme.
Contudo, não vim aqui para fazer propagando vim para mostrar a parte do depoimento do Capitão Nascimento no final do filme que eu acho sensacional e sintetiza tudo que o filme relata, e tudo que eu também me pergunto.
Ai segue:

_Quando meu filho tinha dez anos ele me perguntou porque que meu trabalho era matar.(...)E eu não sei responder a pergunta dele, tenho 21 anos de polícia e não sei responder porque eu matei, por quem eu matei.Mas uma coisa que eu posso afirmar com certeza senhores deputados, é que o policial não puxa esse gatilho sozinho (...) .

Desculpem-me se fui inconveniente em colocar esse diálogo aqui caso vocês ainda não tenham assistido, mas eu não pude me calar.Para mim uma das maiores indignações é essa que ele depôs.Enfim...Fica aqui para vocês pensarem, e compartilharem o que pensam.



Ps.: Na marcação "Compartilhando" geralmente tem coisas minhas, um pouco mais reais, ou músicas que gosto e fazem sentido no momento, ou nesse caso o filme que assisti,.O nome é só para dar ideia de estar compartilhando algo real meu com vocês.

2 comentários:

  1. eu to louca pra ver esse filme, dizem que é super bom mesmo (:
    parabens , teu blog ta lindo (:
    http://manuellacamposelli.blogspot.com

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)