quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Durma medo meu.





Me abraça.
Me cerca.
Me envolve como se fosse amor, paixão, fixação, não sei.
Me atormenta e descobre o piso falso do meu caminho.
Pisa com tudo me desmorona por inteira, ou quase.
Afinal a fé mantem-se de pé.
E depois disso tudo vai embora.
O dia acabou, o corpo padece.
E a alma chorando só quer descansar.
Já é hora de adormecer.
Durma medo meu.

5 comentários:

  1. é tão bom receber visitas e comentarios bons *-*
    que bom que gostou !
    adorei seu blog .
    te sigo !
    bjus s2

    ResponderExcluir
  2. Medo é algo comum que todos nos sentimos, ou somos obrigadas a sentir. Só não podemos nos dominar por ele todo o tempo.

    Adorei *-*
    Senti muita a sua falta, viu? Fiquei feliz de ver que você comentou lá no blog, mesmo que eu esteja afastada demais de lá.
    Ando com problemas para escrever, mas espero que passe logo.
    Obrigada pelos parabens pelo numero de comentários *-* É realmente muito bom ver que as pessoas gostam do que eu faço *-*

    xx

    ResponderExcluir
  3. Muito muito fofo *-* . Voltarei quando tiver com mais tempo, para comentar seu conto. Mas passeando por aqui vi que seu blog é lindo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Minha gente, que lindo isso! Achei super fofo MESMO! Tipo, real sabe? Beijos s2
    http://bittersweetzpace.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)