quarta-feira, 21 de julho de 2010

Aborte essa idéia.


Aborto.
Já pesquisaram sobre o assunto?Sobre como é o procedimento, e com quanto tempo de gravidez se pode abortar?É inguenuidade falar de um ser que nem existe.OK, poucas mulheres procuram o aborto quanto feto nem se pode chamar de feto ainda, mas repito são poucas.E mesmo que seja bem no início, se há dentro seu ventre a semente de uma vida, pode até não ter um ser compelto mas você tem a semente, se você a mata tira também o direito da vida daquele futuro ser que naquele momento, só naquele momento, é diretamente dependente de você.

Hipocrisia.
Hipocrisia te todas as partes.Hipocrisia da Igreja que comete crimes, ou pecados como eles preferem, piores do que esse( na minha opinião).Hipocrisia de quem diz ser a favor por estar pensando nos mais pobres que não tem condição nem de ser criar sozinho quem dirá cuidar de outra pessoa.Vejo até graça nisso, como se a maioria das pessoas que engravidam de forma indesejada e não tem condição de cuidar, aceitassem o aborto.Hipocrisia de quem coloca machismo e feminismo no meio, pois para mim tem machismo em ambas as partes.Afinal não seria mais cômodo para os homens saírem transarem com quem quiser que se der algo "errado" elas tem a quem recorrer e o ato estaria simplesmente desfeito?Hipocrisia de quem diz "é a mulher que vai cuidar de tudo sozinha", se você estiver nessa situação sozinha, desde que não tenha sido um ato de violência, para mim significa que você não sabe com que se deita, então ao que parece, legalizado ou não, tal pessoa recorreria sem problemas ao ato, então para que se preocupar com isso?

Ingenuidade.
Ingenuidade de quem acha que a mortalidade de mulheres grávidas e fetos diminuiriam.E o crescimento populacional nas cidades bem interiores diminuiria também.Já pensaram na saúde pública, hoje.Pois é, se pessoas não são atendidas e se pessoas morrem nos corredores de hospitais públicos,diariamente, imagine com a legalização do aborto?Já pensou na quantidade de pessoas a procura nas cidades grandes?Leve essa legalização para o país inteiro, para os seus interiores e pensa mesmo que uma família com pouca instrução, fé forte e muitas vezes até manipuladas em função de tamanha fé, acha que essas pessoas aceitariam?É...Ingenuidade inclusive de achar que abortou e agora está tudo resolvido, mas fora os riscos da própria vida tem os mais importantes que são os psicológicos.Por mais decidida que a pessoa esteja ninguém nunca vai se sentir confortável e aliviada após tirar um filho.Não se iluda pois o peso da culpa e perda de um filho, ainda mais pela sua vontade, é muito maior do que qualquer prazer material.Ingenuidade até de não olhar para mulheres violentadas, aquelas que o filho teria o rosto de sua amargura, aquelas que não escolheram não se preparam nem se arriscaram a nada.Foram bruscamente corrompidas, por uma pessoa como pode ser qualquer um ou pode ser seu medo mais íntimo e próximo.Acho tortura de mais, esquecermos dessas, e acharmos que entre casos de aborto é tudo a mesma coisa.Ingenuidade também esquecer dos fetos mal formados, do risco da mãe e do próprio bebê, e então é tudo a mesma coisa?

Mulheres.
Nesse aspecto algumas de nós se acham tão independentes e auto-suficientes que acreditam piamente que abortar é uma decisão que cabe somente a ela.Sinto lhes informar mas se fosse assim não seria preciso um homem para dar chance a uma mulher de procriar a vida.Engraçado como nessas horas elas pensam só nelas.Não sei se alguém assistiu o filme Juno, filme esse que me surpreendeu muito pela forma abordada e pra mim aquilo é o retrato de quem soube o tempo inteiro que aquela vida não lhe pertencia.Já pararam para pensar na quantidade de mulheres que querem ter filhos e não podem?Não é melhor entregar a quem você sabe, que quer esse ser e que vai zelar por ele?Tem também a famosa desculpa do "ah esqueci", pense bem você não pode se dar ao luxo de esquecer um preservativo exatamente por mudar sua própria vida então você como mais interessada em se preservar, deve lembrar sim.Imagine se um médico esquece da parte de um procedimento cirúrgico na hora da cirurgia?Pessoas esquecem muitas coisas o tempo inteiro e cometem erros estúpidos não se sinta privilegiada por isso, tentando minimizar seu descuido.Agora essa conversinha de "oh meu Deus vai deformar o corpo", isso é conversa de quem não tem argumento e tem cabeça pequena de mais para enxergar além da sua preciosa silhueta.

Eu.
Contra.Contra a achar que aborto é resposta, é solução.Para mim, o aborto é apenas a sinalização de que tem muita coisa errada no país e na sociedade como um todo, não pelo ato de procurar pelo aborto mas nos motivos que possam levar uma pessoa a procurar esse procedimento.Dêem cultura e educação para todos, e depois me fale de que cada mulher tem opção.Como um mulher que mal entende a reprodução, efetivamente, vai ter noção de sua própria?Melhore a saúde pública, e depois vêem me falar de "diminuição de mortalidade".Contudo estou do lado daquelas corrompidas, e daqueles que estão em risco tanto mãe quanto bebê.Quando tudo estiver caminhando para o bem da sociedade, dando condições efetivas de uma pessoa optar, aí sim me fale de uma opção.
Por fim, vejo imoralidade da parte dos médicos que se submetem a abortos como postura egocêntrica da mulher.Isso por que em seu juramento oficial eles prometiam:

"Manterei o mais alto respeito pela vida humana, desde sua concepção. Mesmo sob ameaça, não usarei meu conhecimento médico em princípios contrários às leis da natureza. "

Mas agora virou festa mesmo,que até o juramento de Hipóctrates foi mudado.



*Escrevi muito mas separei em partes, para facilitar a leitura, assim é mais fácil ler apenas apartir do ponto de vista que se quer.Sei que canso, mas vocês sabem quem em alguns casos comigo não dá para me conter!hehe.
=)


**Odeio falar sobre aborto.Odeio por que são milhares de pontos que me fazem pensar muito e acabo me perdendo no meio disso tudo.Nem contei a parte econômica, porca e mais suja, bom para mim quando envolve dinheiro piora tudo.Mas me atrevi a falar exatamente como penso, até mesmo para não ter medo do assunto, nem das diversas opiniões.Respeito todas mas vejo muita ingenuidade e hipocrisia por aí.Toda essa polêmica me embrulha o estômago.Espero não ter embrulhado o de vocês também.=)

6 comentários:

  1. Taí um tema que eu não gosto de escrever no blog.. mas apenas porque eu acho um absurdo a simples idéia de existir aborto. Imagina se algum leitor meu comenta que acha legal? Prefiro ficar pensando que todo mundo pensa como eu...
    mas vá lá!
    Apoiada!

    ResponderExcluir
  2. É raro que alguém veja o aborto como um crime hediondo. E deveria ser visto.
    Muito bom o post,
    B-jim.

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente? Eu acho que a pessoa, a mulher principalmente, deveria ter essa escolha de abortar ou não.. mas de acordo com certas circustâncias, não vamos pegar uma puta qualquer que dá pra todo mundo e depois vai lá e aborta.. além de matar uma vida, ela tá fazendo mal pra si mesma. Sexo sem proteção e etc deveriam assumir a culpa pelo o que fez, mas alguém que mesmo tenha tido o cuidado e engravidou ou foi estuprada ou coisa do tipo merece ter essa escolha, não estava nos planos dela! Criança estraga a vida sim quando ela não vem de forma planejada, porque você vai querer dar tudo para sua cria e não vai conseguir nem 1/3! Por isso que hoje em dia os países tão investindo tanto na propaganda do "planejamento familiar", além do controle da população a família consegue suprir todas as necessidades de seu filho! Entende?
    Mas eu gostei do post, ótimas palavras! ahha

    ResponderExcluir
  4. Eu também sou contra o aborto, porque meu ponto de vista é o seguinte: há mil e uma maneiras de se prevenir uma possível gravidez e o casal resolve não optar por nenhuma e, depois que as coisas dão errado, querem se livrar de qualquer forma de uma responsabilidade que eles adquiriram quando foram muito irresponsáveis. Tudo tem sua consequência e o aborto é uma forma de livrar os envolvidos dessa consequencia.

    PS: há os casos de estupro e tudo o mais, mas ainda assim sou contra. Acho preferível e mais digno gerar a criança e entregá-la para adoção quando concebê-la.

    ResponderExcluir
  5. Tema complicada,mas é preciso debater.
    Tem momentos q sou a favor e outros contra,tudo é relativo.
    Sou a favor em casos q a mulher foi estuprada ou corre risco de vida.
    E contra de abortar só por abortar,existem tantos métodos contraceptivos...
    Tenha um lindo final de semana.
    @vanimonique
    :*

    ResponderExcluir
  6. não vou opinar...
    existem coisas que a gente só sabe quando passa.

    Creio que não tenho coragem, mas não diria 100%, nunca estive grávida para dizer.
    Enfim, fica em aberto!

    Boa abordagem.
    um beijo

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)