sexta-feira, 11 de junho de 2010

Reflexo real.


_Olha, eu tenho que agradecer por tudo que fez comigo.Você foi realmente como um anjo, que apareceu quando eu mais precisava.Identidade, eu já não tinha e a depressão era questão de dar apenas mais um passo.É triste, eu sei, mas eu já estava caminhando para esse fim a muito tempo e se você não tivesse aparecido, hoje eu estaria lá sozinha e alimentando os monstros da minha cabeça e os medos do meu coração.Seria apenas eu, o escuro e a depressão.Mas você me trouxe luz, muito obrigada , por tudo.
_Agradeça a você mesma, tudo que conquistou foi você mesma se não fosse você eu não poderia ter feito nadaTodas as perguntas que você se fazia, tu mesmo tinhas a resposta, os conselhos, o conforto.Eu só apareci para dizer o que você mesma queria, mas não tinha coragem.Acredite, não sou anjo nenhum.
_Claro que é!Você me fez descobrir o amor, aquele verdadeiro que se tem pelas pessoas independente do sexo, de interesses externos.Não é amor entre homem e mulher, mas sim o mais puro aquele que devia unir todos os seres humanos, aquele que nos torna irmãos.Será que não percebe tudo que fez por mim?Será que não enxerga o quanto você me mudou?Sempre pensei que um grande amor, um namorado fosse fazer tudo isso por mim.Mas vindo de uma menina assim tão simples, que chegou como se realmente me conhecesse desde sempre.E foi sem perceber se transformando na minha maior força, na minha maior segurança,torna tudo tão diferentemente especial.Será que agora, entende?
_Minha flor...Acredite você fez tudo sozinha, só precisou de mim por que sentia necessidade de ouvir o que queria da boca de outra pessoa.Mas uma coisa eu eu te digo do meu coração,hoje mais do nunca somos uma só.Acho que tudo que aconteceu entre nós foi para nos mostrar o quanto uma precisa da outra, e principalmente, foi para te mostrar que pode confiar em si mesma.Agora não precisa mais ter medo, viu só!?Depois de tanto tempo acho que agora acredita que eu não te mordo, nem te faço passar vergonha...
_Medo de você?Você é um anjo que Deus me deu quando mais precisei.Você veio chegando aos pouquinhos, mas eu nunca...nunca tive vergonha de você.Afinal, como poderia sentir vergonha de uma pessoa tão especial como você?
_Olhe aqui.-disse ela, levando o espelho até que eu pudesse ver meu rosto.
_Tem certeza de que nunca sentiu medo ou vergonha?Será que aos 11 anos não teve vergonha de mim, quando perdeu aquele nosso lindo cabelo cacheado, e vivia pedindo a mamãe para alisar?Será que aos 13 anos não teve medo de mim quando não aceitou entrar na olimpíadas de matemática?Se você não se lembra, eu me lembro.Me lembro de muitas vezes ter sido deixada de lado, para você poder me encontrar naquilo que as pessoas queriam que você fosse.Por que você sempre me procurou nos outros?Engraçado como estive aqui o tempo todo, mas sem perceber você mesma me trancava em um lugar tão vazio e escuro que eu só aparecia quando suas lágrimas escorriam, é aí que eu mostrava o que estava sentindo.É aí, que te mostrava a minha dor.-enquanto ela desabafava, minhas lágrimas começavam a rolar, aliás minhas não,nossas...nem sei mais.
_Será que agora entende por que digo que tem que agradecer à você?Tudo que eu fiz foi tudo que você podia ter feito a vida inteira, se tivesse me deixado livre, se tivesse tido orgulho de mim.Mas não guardo nenhum rancor, eu sei o que você passou e te lembro que sou a única pessoa no mundo que pode saber exatamente como é ser você.Mesmo apesar de não ter me deixado ter sido eu.Muito pelo contrário, eu tenho orgulho de você, tenho orgulho por você, pela mulher que nos tornamos.Minha vida se resume no que passei com você.Só peço que nos deixe sermos nós mesmas, será que não percebe o quanto está cansada de tentar ser um protótipo ideal?Será que não enxerga o quanto eu estou cansada de ficar trancada sozinha, e ver você passando por tudo sem me deixar fazer nada?Acreditar em si mesma, acreditar no nosso potencial é muito importante, sei que não se pode estar por cima o tempo inteiro, mas saber que pode contar comigo e com quem te ama de verdade é o que vale.Limpe o rosto e sorria estamos de volta para o mundo ver.Quero que todos saibam que Ana Liz está de volta, depois de 18 anos.Nunca se esqueça de mim, de quem você é.E jamais tenha medo de nós, muito menos vergonha.Quem te ama sempre irá te entender ou ao menos respeitar.Eu sempre te amei e mesmo depois de tudo não estou aqui de braços abertos pronta para nos fazermos felizes de verdade?Agora solte nossos cachos e seja feliz.
Me peguei sorrindo sozinha na frente do espelho.Me vi de cabelo solto e com um brilho novo no olhar, dessa vez eu vim para ficar, me deixar de lado por tanto tempo só em fez acordar mais tarde e com mais vontade de viver, ser e acontecer.
_Ana Liz?-minha mãe me chamou baixinho.
_Sim mãe.
_Está melhor?-disse, preocupada, entrando no quarto.
Apenas sorri e a abracei forte.Dessa vez a senti como nunca tinha sentido-a antes.Ela deixou uma lágrima escapulir, agora eu sabia que poderia ter uma relação diferente e verdadeira com ela.
Finalmente me sinto em casa.




Ps.:Me desculpem por ter escrito de maaais, de novo.Mas esse faz parte daqueles posts que não consigo conter as palavras.=X
Espero que continuem lendo e comentando.=))
Ps².:Bom de ler ouvindo: The voice within-Christina Aguilera

9 comentários:

  1. Se você não ganhar, eu MATO!
    CARA, QUE LINDO *-*

    Ai, é tão bom ter você de volta. AMO seus textos, seu jeito de escrever que vai fácil demais.

    PERFEEEEEEEEITO!
    É lindo textos com reflexões com seu EU interior.

    xx

    ResponderExcluir
  2. continuei a historia amor *-*

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Acho que tamanho não é documento,
    e mesmo o texto sendo grande ficou
    ótimo, de verdade.

    ResponderExcluir
  4. Que lindo o texto *-* Perfeito demais .-. Parabéns '-'

    ResponderExcluir
  5. Cara quase chorei!!!!!
    Concordo com a Monique, se vc não ganhar eu mato, órque está perfeito!

    ResponderExcluir
  6. Lindo o texto !
    Ah, os sobre os meus layouts você encontra aqui : http://rabiscosecretos.blogspot.com/p/layout_05.html
    Obrigada pelo comentário lá no blog !
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. acho que me apaixonei pelo seu texto, me fez refletir tanto...nem tenho que falar.
    textos grandes geralmente não prendem muito minha atenção, mas você leva jeito com as palavras !
    obrigada pelo comentário no meu blog, adorei !

    ResponderExcluir
  8. Lindo!
    Sentimento extravasando...
    Bjiin

    ResponderExcluir
  9. O bom de escrever é isso: não conter as palavras!

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)