domingo, 16 de maio de 2010

Entrelace ( final)


Parte1
Parte2
Parte3


_Sabe o que é mais incrível?-disse ela com lágrimas nos olhos.

_O que?-sussurrou.

_A facilidade que você tem de saber exatamente a parte da minha alma que estava congelada, esquecida e quebrada. Saber falar exatamente aquilo que eu preciso ouvir mas nunca tive coragem de dizer. Eu precisava de uma luz, e alguém, que gosta muito de mim, me mandou você. -Suas mãos não mais suavam, mas seu olhos brilhavam como quem estivesse acordando para viver uma nova realidade.

_Você que foi mandada para mim. Eu que acabei construindo de um modo ou de outro, minhas convicções nunca tinha as vivido de fato. É fácil acreditar, falar e pedir difícil é viver os se prega.E você foi a melhor oportunidade disso de me fazer crescer e de me fazer uma pessoa melhor.- e sorriu.

Entender as razões da vida é complicado quando se está passando por ela, muitas vezes precisamos nos afastar para entendermos melhor e percebermos os sinais a nossa volta.

Alissa agora sabe disso e Miguel tem essa certeza mais forte do que nunca.

Depois daquelas palavras o silêncio se fez presente,e perceberam que já era hora de partir ele a levou em casa.Mas já era tarde e a fugida que ela deu já estava deixando os pais preocupados, então despediu-se:

_Desculpa…Mas como sempre tenho que ir.E saiba que hoje você tornou uma pesoa real.Saiba que se agora tenho coragem de levantar a cabeça e seguir em frente é pro sua causa.Independente dos motivos e razões, nos reencontramos e eu não quero mais ter que me afastar de você.

_E não precisa.Eu quero poder fazer você sorrir, e ter meu sorrido roubado por você também.Eu quero essa troca tão boa que há entre a gente.E seja lá o que for que acontece com a gente, dentro de nós, eu gosto.E não vou abrir mão disso.

Mesmo a interrompendo ela ainda sorriu.

_De coração, muito obrigada por tudo. E se eu sonhar hoje espero que seja com você, só assim me sentirei segura com meu anjo protetor.Meu telefone e email- disse anotando num papel- para não nos desencontrarmos mais.

_Pois aqui estão os meus- disse, fazendo o mesmo- e pode ter certeza que distância não haverá.

_Ninguém nunca fez algo assim por mim antes.Muito obrigada de novo.saiba que eu já tenho por você um carinho imenso.Mas tenho que ir.

_Eu que agradeço por você ter aparecido na minha vida.

E pela primeira vez se abraçaram de verdade, e muito mais do que dedos entrelaçados, agora tinham braços, corpos, almas. Caminhos que por algum motivo, se entrelaçaram também.

E agora, ela tinha força e esperança para lidar com os problemas da vida.Abriu a porta de casa, e se sentiu como se fosse uma nova pessoa visitando velhas memórias, a maneira como ela vivia quase que impregnada ali.

Encontrou Josué tomando banho de banheira com o seu patinho de borracha, aquele que era o preferido, tinha até ganhado da vovó mas ela nem se lembrava mais, relembrou ali.Fez questão de se deixar ser feliz, cumprimentando seus pais, os beijou com tanto amor que parecia emanar luz.

Pegou seu livro preferido da infância, o limpou e foi ler para o pequeno.E enquanto a enchia de perguntas sobre a esperteza de João e coragem da Maria, ela se sentia cada vez mais completa.A vida de quem ela acha estar menos vívido a encheu de vida também, é verdade quando dizem que muitas vezes um doente ensina muito sobre a saúde, sobre viver a vida.Pelo menos era o que ela viveria a partir dali, o secou colocou seu pijama e o colocou para dormir.Cantou uma cantiga, esquecida que a trazia muita calma quando crianças, e ele dormiu como um anjo.

Saindo do quarto do pequeno, pensativa e um pouco confusa ela procurava se fazer menos perguntas e acreditar mais nas simples respostas.Sobre o Miguel ela não sabia como seria e ele também não fazia idéia.E no meio desses devaneios o celular toca e quando atende:

_Alô?Alissa?Bom...É que...Verdade é que eu não sei como vai ser daqui pra frente mas eu tenho que dizer que eu estou contigo agora e pra sempre.

_Miguel...Estarei aqui sempre e para sempre.Para você e com você.

Uma ligação telefônica encerrada, duas vidas mudadas e um entrelace eterno.



' I'd never sing of love if it does not exist
But darling...
You are the only exception(...)
And I'm on my way to believing.'

4 comentários:

  1. "e muito mais do que dedos entrelaçados, agora tinham braços, corpos, almas. "

    Bela história de amor.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. oooi. nossa, post lindo! adorei a história.
    amei essa frase : " Estarei aqui sempre e para sempre.Para você e com você. " beeijos ;*

    ResponderExcluir
  3. Oh, obrigada...que bom que vc gostou!
    Eu vou dar uma passeada no seu blog também hahaha!
    Aliás, já estou seguindo!
    B-jim.

    ResponderExcluir
  4. Cheguei aqui agora! mas essa parte ficou bem escrita. bjs

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)