quinta-feira, 4 de março de 2010

Déjà vu.


Apática.Sem graça.Sem ânimo.Sem vontade.Indiferente.
Assim Milena se sentia ao olhar no espelho e não encontrar nada além de um corpo, o qual ela nem se identifica mais.E essa falta de sentir era o que mais a entristecia.E essa tristeza nem real era, afinal passava por uma fase de não sentir nada.Ficou assim por alguns dias, o sol não queimava, o vento não refrescava, a ignorância não a afetava mais, era como se agora ela fosse apenas um boneco.Até que ela se cansou, e ficou feliz pois o cansaço era o que ela realmente sentiu em meio a tudo isso e passou a sentir tanta falta de sentir que agradeceu.Se ajoelhou e disse: 'Deus, obrigada por me fazer cansar.E me lembrar que sou humana e hoje eu sei o valor de viver, além de simplesmente existir.'
Aos poucos ela voltara, parecia que a anestesia sensitiva não fazia mais efeito e foi se lembrando das amizades, dos quase amores, das brigas.E no meio desse encontro com suas próprias emoções, o sol enfraquecia seus raios até uma suave chuva começar a cair, o arco-íris surgiu e ela não queria nada além de sentir seu corpo de novo.Nada além de ter mais do que certeza de que sua alma não ficou perdida em nenhuma esquina, nem perdido em nenhum outro mundo.Abriu a porta e ficou aonde nada pudesse impedir as gotas de caírem sobre seu corpo, esticou os braços e pôde entender plenamente o que a famosa Priscila Leone quis dizer quando cantava: 'Mas eu sinto que estou viva, a cada banho de chuva que chega molhando o meu rosto.'
Ela nunca tinha percebido o quanto gostava da natureza nem de tudo que era vivo e conseguia fazer-me sentir mais viva ainda.E enquanto a chuva caía ela pedia mais e mais e aquele sorriso cheio de vida ninguém podia pagar nem apagar.Duas lições para a vida ela guardou em forma de canção aquela da Pitty e a do Rei afinal se chorei ou se sorri o importante é que emoções eu vivi...

Tema: Visual(essa foto do post).

8 comentários:

  1. noooossa que lindo, tava precisando ouvi isso hoje, mto perfeito *-*

    ResponderExcluir
  2. minha hermana manda muuuito *o*
    adorei!

    ResponderExcluir
  3. As vezes nos sentimos tão vazios...
    E é importante reviver o passado para nós lembrarmos quem somos, o que amamos e dar novo fôlego à vida!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. viver, sentir...
    isso é o que importa, saber que semrpe poderemos recomeçar...e não nos abandonar em qualquer parada!

    muito lindo
    ^^

    ResponderExcluir
  5. O passado vez ou outra insiste em bater à porta..Particularmente, aprecio reviver os bons momentos que já se foram..É bom ver que algo valeu a pena.. e se não valeu, sempre tiramos muito aprendizado..

    Abraço.

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)