quarta-feira, 22 de abril de 2009

Não deixo meus passos no chão?

Na poeira que espalho enquanto ando
se dispersa meus mais íntimos sentimentos.
Por não terem momentos pra se expressarem,
nem para de fato existir.
Me disseram uma vez que poeta não ama.
Perecbi quealgumas pessoas tem o dom de amar.
Outras simplesmente são amadas.
E algumas apenas enxergam o amor no externo,
assim como eu.
E é nesse rastro que deixo
que fica a minha esperança na vida,
na possibilidade de sentir mais do que sinto.
Pois muita das vezes a sensação vem de fora pra dentro.
Escrevo logo sinto.
Geralmente são conflitos que me fazem o contrário.
O processo não sei se importa,
pois não sei se me fará mais sensível ou mais fria.
Enquanto isso me despeço da saudade:
do que não vivi e
o que não senti.

"'You' see potential in all my flaws (ah)
And that's exactly what I need "


Não eu não amo,ainda.

12 comentários:

  1. "The greatest thing that you will learn is love and be loved in return"
    (Moulin Rouge)

    Fico boba como tem uns achados que me impressionam aqui mais e mais.. :)

    ResponderExcluir
  2. Eu nem me surpreendo mais, minha hermana é foda sempre.
    É babi, você é poeta.
    Uns nascem com o dom de amar, uns de ser amados, outros de escrever, surpreender, causar reações e os sentimentos mais diversos, e você é assim =)
    pra mim você é a autora mais "afudê" que eu conheço, e será sempre a hermana mais linda *-*
    Eu te amo, alma da minha alma !

    ResponderExcluir
  3. "Como será que faz amor quem não gosta de poesia?"

    Honey, os poetas não amam? Eles exalam o amor, a sua essência é ligada a este sentimento...Por mais que suas linhas despejem conflitos, contradições, o fascínio pela liberdade e pela arte de expressar já bastam.

    Quem disse que poetas não amam? É só mudar o ângulo, e verás que ama.


    [Obrigada pelo coment. E quanto ao grito, bem, é por isso que trago a situação do limite. É claro que não é pra sair gritando; os sábios enxergam qual o momento certo ;D]

    Cheirooo

    ResponderExcluir
  4. "É só mudar o ângulo, e verás que ama."

    ;)

    ResponderExcluir
  5. * Muito lindo o texto, Parabéns

    ResponderExcluir
  6. Não importa o medo de errar.
    Não importa a decepção.
    Não imrpota tudo o que não importa.
    Até por que tudo que não importa se supera
    quando vemos que o que está ao nosso lado,
    na nossa frente é verdadeiro.

    ResponderExcluir
  7. é, até porque é bom surtar :x

    weee,
    gostei do blog o.õ
    vou seguir :D

    :*

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Gostei bastante desse!
    ( axo q pq me identifiquei...)

    ;)

    ResponderExcluir
  10. Não sei se concordo com o "o poeta não ama", acho que o amor dele pode até diferente dos não poetas, mas que ama, a ele ama

    "Sentir mais do que sinto"
    Sim, sentir e sentir, o bom é claro, mas sentir com cada parte do corpo, com cada pulsar do coração, sentir e sentir mais um pouco
    Tbm tenho essa "esperança" de um dia "sentir mais do que sinto"

    Vc escreve logo sente
    Eu imagino sentir e logo escrevo
    ^^

    gostei desse blog aki
    voltarei

    ResponderExcluir

Vai, deixe sua pegada por aqui.;)