sábado, 30 de abril de 2011

Equality.

Estou viciada na nova música do Ricky Martin: The best thing about me is you porque além de gostosa de se ouvir tem uma letra que me leva, sabe?Fora que o próprio clipe é lindo...E ele está lindo de mais também!Nunca o achei tão bonito quanto agora...Acho que é a felicidade sabe?Estar bem por sentir confiança em ser o que se é, saber que és perfeito exatamente como fora criado.Isso tudo passa uma certa beleza ,sabe?
Sei lá...Isso tudo me dá uma sensação de paz sabe?De buscar o máximo de fidelidade comigo mesma, e saber que não está fazendo nada de mais a não ser conquistando a minha própria felicidade.Chega de julgar o outro vamos julgar nossas próprias ações e buscar sempre o melhor em nós mesmos, só podemos buscar um mundo melhor se primeiro buscarmos isso em nós mesmos.=)

E no meio disso tudo me encontro feliz, mais do que nunca.*_*

"I'm as happy as I can be Cause I'm allergic to tragedy
The doctor says something's wrong with me,
The smile on my face has no remedy."
The best thing about me is you-Ricky Martin

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Sobre o outro.

O fechar dos olhos, o abrir de um novo mundo.
O esquecimento do passado, a cautela com o presente.
O peito aberto, a alma fechada.
Quem descobre o outro sem o conhecer?
Quem gosta de alguém sem se interessar pela pessoa?
Pelo que faz o coração pulsar mais forte e a alma vibrar de emoção?
Os segredos não mais sagrados dividem mundos, tempos, memórias.
Se o olhar estiver mais frio talvez talvez seja carência de calor no coração.
Uma vez disseram que o mais difícil de se amar é quem mais precisa.
Pois é, eu acredito nisso.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

É tão certo.


De novo me encaro em cima do muro.Do muro de alguém que ocupa os dois lados da vida, o que seria os extremos de se viver, ou melhor o limite.Como pode a vida passar e simplesmente não perceber tudo que se viveu?Quando percebo isso parece que toda a minha história, tudo que somos, o que fomos está aqui pulsando.Pareço viver, ainda que na memória, tudo aquilo que passou, que não volta e caio em mim.Nossa história é maior do que eu pensava, mais bonita do que parece.Talvez, mais uma vez, as pessoas desconheçam a minha verdade, a mais íntima verdade sobre minha relação com as pessoas, no caso, você.De longe ninguém diz, ninguém pensa em quantas vezes estive ao seu lado.Quantas vezes me senti diferente aos teus olhos , não desejei ser assim nunca mais e com o tempo você me aceitou e eu também.Quantas vezes chorei ao ver dor em suas palavras ásperas ferindo quem mais te ajudou.Quantas vezes mudei e melhorei pensando em você, em tudo que é e em que você se tornou para mim.Não quero pensar na hora que o muro desmoronar e eu cair lá de cima, não haverá mais dois lados aí acabou.E ao pensar na vida e nos seus caminhos hoje eu sei que é tão certo, tudo tão certo.E eu já não tenho escolha eu participo do seu jogo, que é viver.

*Final fazendo referência a música Fogo do Capital inicial.